menu Accueil chevron_right

DATA

Existência

sonora

APELO A DONATIVOS

 

Após 18 anos de bons e leais serviços, as instalações da DATA estão à venda e o seu contrato de arrendamento não sera renovado. Localizada no distrito de Plaine, em Marselha, DATA é uma mediateca, um espaço de exposições e uma sala de concertos para música experimental, improvisada e diferente.

Vendido, acabado, terminado ? Não, se comprar-mos o local! Comprar as instalações da DATA é a única forma de permanecer-mos independentes, de perpetuar este espaço artístico a preços acessívesis, para que todos possam continuar a desfrutá-lo.

DATA é uma biblioteca musical associativa onde os membros podem emprestar gratuitamente entre 3000 discos de vinil, 4000 CDs e 200 cassetes da colecção. Se quisesses ouvir tudo precisarias de pelo menos um ano para o conseguir fazer, sem comer nem dormir !

DATA é também uma sala de concertos, um pouco como em casa, onde artistas de todo o mundo já actuaram. Eis alguns dos destaques: Phill Niblock, um pioneiro da música experimental, GW Sok, o cantor histórico de The Ex, Enablers, uma referência pós-punk do Oeste americano, Bibi Ahmed, um grande músico tuaregue.

Os melhores da música livre: Jean-Luc Guionnet, Tetuzi Akiyama, Michel Henritzi, Christine Senhaoui, Clara de Asis, Will Guthrie, Michel Doneda, Seijiro Murayama, Gino Robair (baterista do Tom Waits), Teresa Riemann, Hervé Boghossian, Erika Sollo e Attic Ted, a cantora de mil máscaras.

Do new weird folk : Tom Greenwood (Jackie-O filho da mãe), Marcia Bassett (Leopardo Duplo), Tom e Christina Carter (Charalambides), Kate Fletcher, Chrys Forsythe, Marisa Anderson…

OVNIS franceses: Begayer, Winter Family, Mami Chan, Noir Boy George, Pôm Bouvier b., Sourdure, Yann Gourdon, Noyade (Erik Minkkinen da Irmã Iodine e David Lemoine de Cheveu), Nicolas Dick, Tamara Goukassova, Antez, Colombey, Notre Dame des Lourdes.

Todo o bando de malucos da cena de Marselha: Soldat! Som de Marte, La Chasse, La Coupure, Grrzzz, les Statonnels… e muitos outros!

E finalmente muitos festivais: VENDETATATA, Enfin Seule, MUFF, Multiversal, Paravision, Bruitisme…

DATA também acolhe uma biblioteca de fanzine com várias centenas de títulos, exposições, lançamentos de livros, workshops e por vezes teatro, dança, performances e coisas não catalogáveis.

Em 18 anos, a DATA acolheu 900 concertos, 200 exposições, 7 gatos com 9 vidas cada um e milhares de membros aderentes.

DATA é uma estrutura auto-gerida e que para permanecer tão livre e independente quanto possível não procura subsídios. Desde o seu início, DATA tem sido construída com o suor dos seus voluntários, para deleite dos ouvidos e entranhas do público.

Mas hoje em dia, DATA está em perigo.

A associação DATA precisa da soma de 160,061 euros para se tornar proprietária do local e assim lutar contra a gentrificação do bairro e especulação imobiliária que lhe está associada. A tua generosidade, o teu amor pelo som e acima de tudo a tua conta bancária garantirão que este lugar perdure!

Quer sejas milionário, rico ou pobre, quer possas dar 1 ou 10.000 euros, DATA precisa de ti. Temos até 1 de Abril de 2022 para angariar o dinheiro, o que não é brincadeira!

Portanto, se quiseres que DATA continue e não se torne numa sala de chá de luxo, um Carrefour Direct 24 horas, ou mesmo um anexo da Mama Shelter, abre o teu coração e a tua carteira, hey hey!

  • play_circle_filled

    Radio DATA
    data mediatheque

  • cover play_circle_filled

    01. Live DATA Marseille 2022
    Ian Linter

  • cover play_circle_filled

    02. Live Data Marseille 2014
    Evil Moisture

play_arrow skip_previous skip_next volume_down
playlist_play